terça-feira, 23 de março de 2010

Desgarrada

Recordem:


Joaquim Campos


Ercília Costa


António Menano


Joaquim Campos, Ercília Costa, António Menano cantam A Desgarrada (Popular - Fernando Teles)
Guitarra - Armandinho
Viola - Georgino de Sousa

video

Há no coração do homem
Tanta vontade de amar
Que as penas não o consomem
Por mais que o façam penar

É engano, há na mulher
Um amor mais puro e forte
Pois quando o coração quer
Vai o amor além da morte

Duma leve simpatia
Muitas vezes sem se querer
Vai crescendo tanto e tanto
Que d'amor nos faz morrer

Quando o homem ama e quer
Com toda a força da alma
Não há nenhuma mulher
Que em amor lhe leve a palma

Quando os nossos peitos tomem
Uma paixão verdadeira
Tanto a mulher como o homem
Amam da mesma maneira

Há sempre coisas mesquinhas
No perceber de quem ama
O ninho das andorinhas
É construído de lama


É uma desgarrada de ouro de uma época não menos áurea. Puro fado, isso sim! Intemporal, na música, nos intérpretes e nas palavras. Até porque, quando por amor se sofre, a lama é sempre a mesma.

6 comentários:

  1. ¡Una auténtica preciosidad!, me ha encantado esta desgarrada. Escucho demasiado fado de hoy y cuando oigo estas grabaciones me quedo maravillado.

    ResponderEliminar
  2. Uma verdadeira reliquia, adorei.
    Cumprimentos.
    Paulo

    ResponderEliminar
  3. Nossa!! Amei o seu Blog!! Muito legal! Sou brasileira e aprecio muito o fado. Estou até desenvolvendo um trabalho relacionado. Meus parabéns pelo Blog. Um grande beijo!

    ResponderEliminar
  4. Muito obrigada Flávia! Vá aparecendo e, caso precise de algumas dicas para esse trabalho, apite, que terei todo o gosto em auxiliar.
    Passe bem!

    ResponderEliminar
  5. Obrigada! O blog já está nos meus favoritos. :)

    ResponderEliminar